::: #ESPNTEMsampbrasil :::

08/04/2015 by

ESPNFC_TV_2013_1376675307502
(…PãNãNã PãNãNã…)
Quando criei o blog, em agosto de 2009, honestamente, não pensava que a Sampdoria fosse tão conhecida.

O blog nunca teve a audiência do Felipe Neto, ainda bem, mas também não foi um diário escrito pra mim mesmo.

Ele surgiu das conversas do SampBrasil, um grupo de amigos apaixonados pela Sampdoria e, graças ao blog, conheci outros blucerchiati brasileiros, além de fazer amizades com torcedores lá da Velha Bota.

Se a ideia era só falar um pouco da Sampdoria, mostrar que tem um cadinho dela aqui no Brasil, deu tudo errado.

Os textos daqui foram parar em club’s dorianos da Itália, Indonésia, Inglaterra, Japão e eu, que mal falo/escrevo o português, me vi no meio de uma torre de babel blucerchiata me virando nos trinta pra conversar com o mundo.

Descobri então que a Sampdoria é universal. Universal sem ser modinha. E aí, meu velho, quando o assunto é futebol, qualidade é muito melhor que quantidade.

Por isso, pra acompanhar essa nova dimensão do time, fizemos um ‘upgrade’ no blog.

A partir de agora, o SampBrasil faz parte do portal da ESPN, dentro de um projeto super legal chamado ESPN FC. Lá, blogs dos principais times do mundo são abastecidos por seus torcedores e, agora, teremos um espaço nesse seleto grupo.

Compartilhar sobre a Samp em um portal como a ESPN é uma grande alegria. E vai ser muito legal ter o apoio de vocês por lá também. Não deixem de visitar e comentar nosso novo velho blog. =)

http://espnfc.espn.uol.com.br/sampdoria/sampbrasil

Avanti, marinai!

::: Je Suis Eto’o :::

16/01/2015 by

(….\o/ …) Assinou. Contrato de dois anos e meio. Vai fazer gol até de batata da perna. Benvenuto, Samuel!

eto'o

::: Foto do Dia #216 :::

30/08/2014 by

(…andiamo avanti…) Vai começar o QuebraCanelas 2014/2015.

samp14-15

::: Sobre borrachas, Sampdoria e o Chapolin Colorado :::

30/08/2014 by

Borracha

(…primeiros rabiscos…) Incerta vez li uma frase em que o autor dizia que errar é humano, mas que quando a borracha tá mais gasta que o lápis, algo tá errado aí.

 

A frase não é bem assim, claro. Sou péssimo pra decorar as coisas. Pareço o Chapolin recitando ditos populares, e certamente as palavras foram mais bem utilizadas pelo autor. Depois procuro e a escrevo ipsis litteris. E dou o nome do cara também. (Gaste um tempo vendo o vídeo do Chapolin. É hilário)

 

Borracha é um bicho estranho mesmo. Alguns juram de pé junto que ninguém na história do Universo viu uma ser usada até o seu fim. Dizem que elas, depois de um tempo, vão morar em um mundo paralelo junto com os guarda-chuvas.

 

Tem lógica. Nunca terminei uma. Dias antes do seu fim, elas sempre sumiam e eu precisava calçar a cara pra pedir uma nova pro meu pai. E os guarda-chuvas, bom, eu não faço a mínima ideia de onde vão parar os guarda-chuvas perdidos nas estações de metrô mundo afora. Você sabe?!

 

Responda essa, ateus.

 

Sei que a borracha da Samp tá só o pó. Nas ultimas temporadas o clube vem errando de forma grosseira. Erram. Apagam. Erram de novo. Apagam. Trocam “P” por “B”. Colocam “Ç”onde tem “SS”. Um horror. O Aurélio de Holanda, o do dicionário, deve dar cambalhotas no seu túmulo. Suponho que ele já tenha batido as botas.

 

Sob a gestão da Família Garrone, as temporadas da Samp – tirando uma ou outra – foram sempre apagadas. Insossas. De dar raiva.

 

10455841_749270171762611_4850433979314313280_n

Amanhã o time blucerchiato começa sua caminhada no Campeonato Italiano 14/15. A principal mudança está na gestão do clube, agora comandado por Massimo Ferrero. A mudança de mentalidade também começa a dar o tom do discurso de todo plantel, o que pra mim é uma das características mais importantes no trabalho do Sinisa, nosso técnico.

 

Salvezza é meu ovo.

 

Diretoria, Staff técnico e jogadores podem apagar anos de fracasso e escrever uma nova história no clube. E, honestamente, estou otimista com o que nos espera. Amanhã tem o Palermo, fora de casa. Forza, Doria!

 

“Errar é humano, mas quando a borracha se gasta mais do que o lápis , você está exagerando”

J. Jenkis

PalermoSamp

 

::: Auguri Sampdoria :::

12/08/2014 by

 

::: Trofeo Boskov :::

04/08/2014 by

PEGASO NEWSPORT- TROFEO BOSKOV/SAMPDORIA-EINTRACHT FRANKFURT

(…com o pé direito…) Ontem a Samp entrou em campo pela primeira vez na temporada. Jogo pelo Trofeo Boskov com vitória segura sobre o Ein…Ein…Google…Eintracht Frankfurt: 4-2.

A peleja merece algumas linhas. Conforme a temporada for esquentando, o blog entra no clima também.

A partida teve algumas apresentações importantes.

Primeiro, a apresentação do elenco 14/15 que, oremos, ainda terá reforços. A diretoria tem se mostrado esforçada e parece estar ciente da necessidade de mais jogadores para que o time dê caldo.

Acho, honestamente, que dará.

A Kappa apresentou também o terceiro uniforme do clube: vermelho. De chorar de tão lindo. Espero que fabriquem o modelo GGGG.

E Ferrero foi apresentado à torcida. Foi uma festa tímida, mas bem intensa.

Gabbiadini fez dois belos gols e o Okaka, valha-me Deus, marcou um golaço! O time fez um jogo bem seguro. A zaga apresentou alguns lapsos, merece um cuidado especial do treinador. Desde a temporada passada ela adora entregar a rapadura.

E o trofeu em homenagem ao Boskov, claro, é mais do que justo. Boskov é uma das cinco pessoas mais importantes da história da Sampdoria. Um troféu com seu nome é pouco.

E foi isso. Vencer é sempre bom. Os discursos de Ferrero e Miha, sinceramente, agradam. Jogos assim também dão confiança ao time. Tenho bons pensamentos sobre o time blucerchiato para a temporada.

Andiamo avanti, Samp.

 

 

Sampdoria               4
Eintracht Frankfurt 2

Reti: p.t. 4′ Inui, 12′ Gabbiadini, 23′ Eder rig., 28′ Okaka, 41′ Soriano: s.t. 15′ Piazon.
Sampdoria (4-3-3): Da Costa; De Silvestri, Fornasier (20′ s.t. Fornasier), Gastaldello (42′ s.t. Costa), Regini; Soriano (20′ s.t. Rizzo), Palombo (26′ s.t. Campaña), Krsticic (20′ s.t. Duncan); Gabbiadini, Okaka (35′ s.t. Fedato), Eder (35′ s.t. Sansone).
A disposizione: Massolo, Renan, Mustafi, Obiang, Bergessio, Salamon, Wszolek.
Allenatore: Sinisa Mihajlovic.
Eintracht Frankfurt (4-2-3-1): Trapp; Ignjovski, Zambrano, Anderson, Djakpa; Russ (1′ s.t. Lanig), Hasebe; Piazon, Meier (1′ s.t. Aigner), Inui; Kadlec (1′ s.t. Seferovic).
A disposizione: Wiedwald, Oczipka, Rosenthal, Valdez, Madlung, Flum, Chandler, Kinsombi, Gereziher.
Allenatore: Thomas Schaaf.
Arbitro: Massa di Imperia.
Assistenti: Galloni di Lodi e Schenone di Genova.
Note: recupero 0′ p.t. e 0′ s.t.; paganti 10.930, incasso 113.240 euro; terreno di gioco in buone condizioni.

 


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.549 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: